Parceiro

Últimas Notícias

Candeia ou cadeia do corpo?

Um tema que já estava há tempos nas minhas pautas para o blog vem ganhando agora força com a divulgação de um vídeo (que publico aqui embaixo) muito bem produzido que mostra a pornografia com um dos principais instrumentos para corromper o mundo e povo de Deus em particular. Grande problema das famílias, das escolas e das igrejas nos dias de hoje. Lutar contra o conformismo em relação à banalização do sexo, graças às ferramentas virtuais de erotização e à massificação de valores distorcidos sobre o que deveria ser o ápice de um relacionamento conjugal, recebido como uma dádiva.

Quem nunca recebeu um e-mail com links, fotos ou videos de pornografia? Alguns dizem que isso faz parte da evolução da sociedade, quando o sexo deixa de ser um tabu e passa a ser um desejo acessível a todos, das mais variadas formas possíveis. Até mesmo virtual. Mais uma artimanha diabólica para fisgar incautos. Que querem tirar Deus de todos os lugares "dessantificados" e escondê-lo sob liturgias em templos religiosos. Para essas pessoas, sexo e Deus não combinam.

O que muitos desconhecem é o mal que se esconde por trás da pornografia. Que dissemina o sexo como algo banal. Quantos casamentos não são destruídos diariamente porque um dos dois parceiros foi contaminado pelo vício em pornografia e pelas aberrações que andam junto deste tipo de comportamento sexual? Não tenho base para essa análise, mas uso minha experiência pessoal e a pesquisa exposta neste vídeo, que infelizmente não consegui levantar a fonte, para ilustrar minha argumentação. Mas veja o vídeo abaixo:





No vídeo, é divulgado uma estatística estarrecedora sobre a pornografia online. Diariamente, 2,5 bilhões de mensagens pornográficas são circuladas e, diariamente, 47 % das crianças recebem mensagens pornográficas não desejadas. Estatísticas mostram ainda que a idade média de ver pela primeira vez pornografia são 9 anos de idade. Metade de todas as famílias cristãs relatam que a pornografia é um problema grave, que aumenta a infidelidade conjugal em mais de 300%. Ainda assim, 67% dos homens e 49% das mulheres pensam que a pornografia é aceitável. Metade de todas as pessoas envolvidas em interações sexuais na internet perdeu o interesse em ter relações sexuais com seus conjugues.

Mesmo sem saber a fonte desses dados expostos no vídeo não tenho medo em manifestar minha concordância com eles, até mesmo pela minha experiência pessoal. O que acende uma luz amarela principalmente no zelo que devemos ter com os jovens. É preciso que o assunto entre na pauta de discussões das famílias, das escolas e das igrejas. Temos que tirar o preconceito na abordagem dessa temática, uma vez que o sexo é um dom de Deus deixado aos homens, mas que infelizmente vem sendo deturpado pela omissão de muitos em mostrar a verdadeira beleza que se esconde neste relacionamento entre um homem e uma mulher.

Para reflexão, me amparo na palavra da verdade: "Todos os caminhos do homem são puros aos seus olhos, mas o SENHOR pesa o espírito" (Provérbios 16:2). "A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz; Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!" (Mateus 6:22-23)