Archive for Novembro 2013

Crente na academia?!? Fala sério, varão!!!

O culto ao corpo é atualmente uma das maiores marcas dessa sociedade mundana em que nós, cristãos, vivemos como alienígenas. Esse zelo desmedido pela sensualidade é dominante e se revela na moda, no lazer e no entretenimento que vemos, principalmente, neste país nosso tropical.

Muitos cristãos, porém, justificam as horas dedicadas numa academia como busca por saúde e qualidade de vida. Vai tergiversar com outro, meu amigo!! Quer buscar saúde e qualidade de vida? Muda a alimentação, melhora o tempo de sono, diminui os prazeres mundanos, caminha, corre, anda de bicicleta, faz exercício funcional em casa e, principalmente, administra melhor o teu tempo. E o fundamental: faça isso ao lado de sua companheira, esposa, namorada ou com algum outro cristão amigo, colega, etc, quando não contar com as alternativas anteriores.

Mas para quê frequentar uma academia? As academias hoje são verdadeiros pit-stops para encontros fortuitos e oferta de sexo casual. São templos dedicados à sensualidade onde os “devotos” dedicam-se a esculpir o corpo para estimular o desejo e a cobiça da carne. Nesse local, os frequentadores fiéis são adoradores da carne e dos prazeres que ela proporciona. Até a energia de sensualidade que paira nesse local é contaminante. Os olhos, como ímãs, são atraídos para partes seminuas de corpos trabalhados e esculpidos para o desejo alheio. Apesar do tom crítico, tento nessa minha explanação não ser legalista ou buscar impor regras e costumes.

Meu referencial é bíblico. Exemplifico com três textos explanando sobre a modéstia cristã que, naquele contexto histórico, era direcionada principalmente para as mulheres, mas hoje também deve ser absorvida pelos homens que gastam horas no espelho admirando seus contornos sensuais e investem tempo e energia na busca de um corpo perfeito.

Os textos de 1 Timóteo 2:9-10 e 1 Pedro 3: 3-4 falam que a mulher (e homem também) precisa ser modesta e não deve exagerar na aparência exterior, mas valorizar a beleza que vem de dentro, uma beleza que nunca se perde e agrada a Deus. Deixando de lado extravagâncias em favor do bom senso e simplicidade. No texto expresso Provérbios 11:22, o autor é um pouco mais severo. “Como jóia de ouro em focinho de porca, assim é a mulher formosa que se aparta da discrição”.   


Todos esses textos de certa forma criticam o culto ao corpo revelado no modo de se vestir e de expor certas partes do físico do homem e da mulher. Isso tem muito a ver com academia pelo fato de os frequentadores desses espaços esculpirem seus corpos para caber adequadamente no figurino determinado pela moda em vigor. Não acho que provém da modéstia cristã a exposição de corpos musculosos em camisetas apertadas e sem mangas, no caso dos homens, e roupas muito coladas e decotadas para as mulheres. Mas esse é o figurino típico dos malhadeiros nas academias. O sonho é caber bem naquele biquini ou naquela sunga, rsrsrs.


Não preciso nem dizer que as horas gastas nas academias tiram muito do tempo de relacionamento com Deus. Espero ter contribuído para o debate sobre esse tema que considero importante para casais cristãos que vivem neste mundo hedonista em que vivemos. Concluo afirmando aos amigos o alerta dado pelo apóstolo Paulo em Romanos. “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”. (Romanos 12:2). 

PS: Escrevi uma nova postagem (leia aqui) complementando o pensamento exposto neste texto, corrigindo alguns excessos que achei necessário aparar. 
terça-feira, 19 de novembro de 2013
Posted by Fred Novaes

seguir pelo e-mail

críticas

populares

curtidas

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © adora manaus -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -