Posted by : Fred Novaes domingo, 25 de agosto de 2013


"Portanto, a ira de Deus é revelada do céu contra toda impiedade e injustiça dos homens que suprimem a verdade pela injustiça", (Romanos 1:18)

Falar da ira de Deus é meio um antimarketing para a atração de leitores, principalmente nas redes sociais, nesse dias em que o mundo do politicamente correto tenta vender um evangelho universalista, de confissão positiva e de ênfase na permissividade e inclusão. Se não bastasse, prospera entre alguns que se dizem cristãos um "mi mi mi" em torno de um falso amor permissivo atribuído ao Senhor. "Deus é amor e me aceita como eu sou" é o slogan dessa turma. A ira de Deus, nesse contexto, é vista por muitos como mais um "instrumento religioso" da Idade Média para intimidação. Seria mais uma manipulação legalista para interferir em modos e costumes nos dias atuais.

Mas a ira de Deus exposta na Bíblia é uma verdade incontestável. Não existe meio termo para a palavra de Deus. Ou você acredita nela integralmente, mesmo naquilo que ainda não entende, ou a nega integralmente. Destaco a passagem de Romanos 1 que bem contextualiza a percepção e o entendimento dessa ira divina para a humanidade em nossos dias. Esse texto do apóstolo Paulo é muito atual e fala diretamente para grande parte dos brasileiros que vivem numa relação esquizofrênica com suas próprias crenças, professando uma crença em Jesus, mas comungando de muitas das ideias dos "novos" ateus, agnósticos e indecisos.

Essas pessoas de fato não sabem a quem estão servindo, mas definitivamente estão longe da verdade do evangelho da vida eterna, da redenção pela graça e da justificação pela fé. Como bem disse Jonathan Edwards "os homens não convertidos caminham por cima das profundezas do inferno, sobre uma superfície frágil onde existem várias áreas quebradiças, também invisíveis, as quais não conseguirão aguentar o seu peso".

O leitor menos afeito ao evangelho pode estranhar essa reflexão sobre a ira de Deus. Para o senso comum daqueles que mergulharam apenas nos rudimentos da fé cristã, a ira de Deus seria somente para ateus blasfemadores que vilipendiam sobre coisas santas, homicidas, pedófilos, feiticeiros e adeptos da magia negra. Mas o cálice da ira de Deus é para todos que vivem neste mundo, exceto aqueles que admitem sua omissão para com Deus e se colocam sob nova direção, debaixo do senhoria de Cristo, para alcançar o benefício da graça redentora e o espírito de regeneração. Porque o mundo está em guerra contra a Justiça de Deus e o texto de Romanos 1 explicita essa condição.

No versículo que abre essa postagem, o texto fala que a ira de Deus é revelada sobre toda "impiedade e injustiça" dos homens. Impiedade neste contexto bíblico se refere a um pecado contra o ser de Deus. É viver como se Deus não existisse, como faz o ateu, o agnóstico e todo aquele que encara Jesus como um personagem, uma lenda ou apenas um mestre espiritual que viveu numa determinada época. Injustiça é a negação da justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé. Impiedoso e injusto são os homens que se envergonham do evangelho e negam seu poder para a salvação de todo aquele que crê.

A ira de Deus está reservada para eles. Os que suprimem a verdade (o evangelho) pela injustiça (uma vida sem Deus ou longe de Deus). O texto de Romanos também bem explica que Deus revelou à humanidade o que dele se pode conhecer. Não há como o homem dizer que não conhece a Deus ou algo que justifique sua omissão em relação ao criador que é digno de toda adoração. "Porque, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças, mas os seus pensamentos tornaram-se fúteis e os seus corações insensatos se obscureceram. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos". (Romanos 1:21-22)

São essas pessoas que andam hoje por aí vivendo uma vida absolutamente mundana, zombando daqueles que oferecem suas vidas como sacrifício vivo a Jesus. São pessoas até com a aparência de piedade, mas negando a sua eficácia. "Deles te afasta", exortou Paulo a Timóteo. São pessoas que falam do amor de Deus; do respeito a todos os credos, da tolerâncias às diferenças, da aceitação e da inclusão de todos. Mas não vivem para Deus. Não o glorificam com sua vida, sendo obedientes à verdadeira mensagem de Jesus, exposta no Evangelho. Que escolhem partes do Evangelho para acreditar. Que o adapta a sua necessidade pessoal. Que mentem sobre a natureza de Deus e trocam sua verdade (o Evangelho) pela mentira (seu evangelho pessoal).

E pelo fato de terem abandonado a Deus para adorar e servir a seres e coisas criadas (paixões mundanas, sexo, bebida, poder, dinheiro, novela, futebol, lazer e entretenimento) o Senhor os entrega a paixões vergonhosas. "Por isso Deus os entregou à impureza sexual, segundo os desejos pecaminosos dos seus corações, para a degradação dos seus corpos entre si". (Romanos 1:24). Aí o nosso amigo do evangelho alfaiate (aquele feito na medida do freguês) vem dizer que não adora e nem serve a essas paixões mundanas. Nós adoramos aquilo a que oferecemos o nosso tempo. Nós servimos aquilo em que investimentos a nossa vida (energia, tempo e inteligência). Cada um que examine o seu coração.

A ira de Deus é uma verdade bíblica para todos que menosprezam a abundante graça que o Senhor nos concedeu por meio de Jesus. Mais uma vez parafraseando Jonathan Edwards: "A ira de Deus é como grandes águas represadas que crescem mais e mais, aumentam de volume, até que encontram uma saída. Quanto mais tempo a correnteza for reprimida, mais rápido e forte será o seu fluxo ao ser liberada". Não vou nem citar a parte do texto de Romanos que fala do homossexualismo para não pensarem que é implicância ou perseguição. Esses "cristãos fakes" que não sabem nem em que acreditam costumam ver homofobia em qualquer referência bíblica à homossexualidade.

Mas concluo com o último versículo do capítulo 1 de Romanos. "Embora conheçam o justo decreto de Deus, de que as pessoas que praticam tais coisas merecem a morte, não somente continuam a praticá-las, mas também aprovam aqueles que as praticam". (Romanos 1:32) Que o Espirito Santo trabalhe no entendimento de toda pessoa que ler essa postagem para que ela possa alcançar a essência dessa mensagem. E que todos possamos refletir sobre onde está o nosso tesouro. 

Leave a Reply

Não deixe passar em branco

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

seguir pelo e-mail

críticas

populares

curtidas

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © adora manaus -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...