Posted by : Fred Novaes segunda-feira, 29 de julho de 2013

Depois de um bom tempo, volto ao blog para falar sobre a visita do líder da igreja romana ao Brasil, que mobilizou grande parte da mídia nacional e atraiu bom número de políticos interessados em elevar a popularidade de carona no pontífice católico. Papa Francisco fez bem o seu papel, no objetivo de modernizar o discurso da igreja católica e resgatar fiéis, das "garras" das igrejas evangélicas e, principalmente, do ateísmo e do agnosticismo. Seu objetivo foi claro: fortalecer o catolicismo no país, com um discurso adequado aos novos tempos, milimetricamente amparado no senso comum.

Deixou de lado muito de seu perfil defensor de questões espirituais e adotou uma postura mais progressista. Falou de paz, solidariedade aos mais pobres, obras de caridade, desapego ao dinheiro, valorização do casamento, humildade e definiu uma nova forma de o sacerdote se relacionar com as pessoas, valorizando o afeto de uma mãe caridosa. Fez vibrar a massa católica e os adeptos do ecumenismo, incluindo até alguns que se intitulam evangélicos. No fim da viagem, concedeu entrevista rejeitando o julgamento aos gays: "Se um gay busca a Deus, quem sou eu para julgar?", sentenciou o pontífice, para a alegria de muitos nas redes sociais. Adequou seu discurso aos novos tempos, sem dúvida.

A questão a ser colocada é a seguinte: o papa fez propagar o Evangelho às criaturas carentes do verdadeiro Deus? Na semana em que foi manchete em todo o Brasil, qual a mensagem de conversão aos pecadores? Ao que parece, o evangelho pregado foi aquele "sabor de mel" cantado pela cantora Damares e a distribuição de indulgências aos participantes da Jornada Mundial da Juventude confirmou a manutenção de uma visão equivocada do Evangelho de Jesus que persiste desde a Idade Média.

Francisco também fez valer sua condição de representante de Jesus Cristo na terra, com “jurisdição sobre a igreja universal de Deus”. Não se sentiu nem um pouco constrangido com a idolatria de milhares de fiéis sedentos por Deus que lhe encaravam como se estivessem frente a frente com Jesus. Mesmo assim, desferiu um discurso de "humildade", muito bem sacado diante da propagação da doentia teologia da prosperidade por grande parte da igreja evangélica.

Mas parece que a intenção maior foi exaltar a figura do papa como único intérprete das Escrituras e fiel representante de Deus na Terra. Não vi o papa incentivar ninguém a ler a palavra de Deus. Ele disse para as pessoas serem menos egoístas, fiéis, mais solidárias e menos apegadas ao dinheiro. A Bíblia nos diz que isso é impossível sem substituir a nossa natural carnalidade. A mentalidade da carne é inimiga de Deus. Ela não se submete à lei de Deus, nem pode fazê-lo.Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus.

O único meio de nos livrar desse estado natural da nossa natureza humana caída é nascendo de novo, pelo Espírito. Se reconhecendo como pecador que precisa ser transformado. Alimentando o espírito pela leitura sistemática da palavra de Deus e pela comunhão com Deus por meio da oração. É preciso renovar a nossa mente para que possamos experimentar e comprovar a boa, perfeita e agradável vontade de Deus. O melhor caminho é ruminando versículos até ao ponto que eles sejam absorvidos por nosso entendimento e estejam latentes em nossa memória para serem vividos e testemunhados em nosso dia-a-dia.

Termino dizendo que não precisamos de um novo Salvador. Nem de um intérprete para o Evangelho. Nem do governante de um país cercado de riqueza que venha falar de humildade somente porque anda em veículos dirigidos por motoristas, com os  vidros abaixados ou dorme em mosteiros. Que cada um analise a questão segundo a palavra de Deus. "Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça". João 7:24


Leave a Reply

Não deixe passar em branco

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

seguir pelo e-mail

críticas

populares

curtidas

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © adora manaus -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...