Posted by : Fred Novaes quinta-feira, 8 de março de 2012


Mais do que justa todas as homenagens às mulheres aproveitando-se a lembrança do 8 de março de 1857, quando 130 tecelãs norte-americanas morreram carbonizadas numa fábrica em Nova York, durante protesto por melhores condições de trabalho. Data para valorizar nossas mães, esposas e filhas que têm se desdobrado para conquistar cada vez mais espaço na sociedade atual, apesar do machismo ainda dominante em muitas áreas.

Mas os avanços são visíveis, com uma mulher na presidência do país e muitas outras no comando de empresas públicas e privadas. Avanços. Com senso crítico, capacidade de organização e desprendimento, as mulheres têm construído espaços e não ocupado lacunas outrora preenchidas pelos homens. Enriquecendo todas as áreas com seu poder de síntese e visão do todo, além de uma sensibilidade natural para perceber aquilo que insiste em ficar oculto à vista dos homens.

Muitas mulheres aproveitam essas conquistas, porém, para reivindicar certos "direitos" dos homens. "Direitos" como independência emotiva, infidelidade conjugal e falta de compromisso familiar que, para muitos, são traços históricos do comportamento masculino. Um retrocesso social. Nada contra a liberdade de cada um escolher o que fazer de sua vida, mas digo sem medo de errar...é sempre melhor escolher Deus. Mesmo a mais independente e capaz das mulheres não pode cair na armadilha da soberba e achar que pode abdicar da presença do Senhor na sua vida.

Defendo sim os mesmos direitos às mulheres em todos os sentidos na vida profissional, social e familiar, mas Deus criou o homem e a mulher para que cada um se complete e forme um só corpo na unidade familiar, com os filhos como frutos abençoados deste saudável relacionamento. É um princípio bíblico para uma vida santa e reta perante os olhos do Senhor. Ah você é atéia praticante?!? Você é uma hedonista ninfomaníaca?!? Hum...só lamento, mas que seja feliz segundo seus próprios conceitos.


Mas se você busca ouvir a voz do Senhor procure percebê-la na Bíblia, que além da palavra para a salvação, tem um cabedal de sabedoria para uma vida feliz em família. Não é machismo. É a capacidade de se submeter a Deus, seja homem, mulher, criança, patrão ou empregado. O livro de Provérbios é profícuo em mensagens de sabedoria tanto para homens como para mulheres. "Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos" (Proverbios 14:1).

No livro de Efésios, a ordenança bíblica para a formação de famílias. "Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne". (Efésios 5:31). Não faltam recomendações para uma vida plena, alicerçada na rocha da palavra e na sabedoria do Senhor. Por isso, recomendo: mulheres, avancem e conquistem, mas não esqueçam de Deus e de sua palavra. Esquecer do principal é um retrocesso que não combina com a sabedoria feminina. Parabéns a todas, neste dia. Sejam mãe, esposa e filha em toda a sua essência. Para finalizar, mais uma dica bíblica de Provérbios: "Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada". (Provérbios 31:30)

{ 1 comentários... read them below or add one }

  1. meu irmão nós mulheres ficamos muito gratas por receber elogios de alguns homens. Eu dgo alguns porque ainda existem muitos homens machista por aí que só sabem desmoralizar as mulheres, tratando-as como se fosse uma coisa qualquer, e se esquessemque merecemos todo respeito. É uma pena que para muitos as mulheres que recisam de seus respeitos são aquelas do palco,do Senado, advogadas e por lá se vai, mas as que estão dentro de suas casas cuidando de seus filhos, suas roupas, suas comidas, essas não merecessem seus respeitos.

    ResponderExcluir

Não deixe passar em branco

seguir pelo e-mail

críticas

populares

curtidas

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © adora manaus -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...