Posted by : Fred Novaes quinta-feira, 29 de março de 2012


“Quem é fiel no pouco também é fiel no muito; e quem é injusto no pouco também é injusto no muito.” (Lucas 16:10)

As redes sociais têm sido incorporadas pelos crentes das mais diferentes denominações que descobriram a internet como um canal importante para evangelismo, troca de ideias e compartilhamento de vivências sobre a nossa fé. Espaço importante, sem dúvida, que possibilita o estabelecimento de uma rede de contatos para fazer ecoar com mais força pequenas iniciativas que surgem aqui e acolá, nos mais distantes rincões brasileiros, trazendo para o “monte” evangelistas que estão fora do eixo da grande mídia.

Democracia sobre a explanação da palavra, tirando dos letrados ou ungidos por essa ou aquela denominação a exclusividade sobre a visão bíblica para os dias de hoje. Ok. Tudo muito bom, mas nem tudo são flores neste vasto mundo evangelístico, onde praticamente um novo blog gospel é criado a cada dia. Como filtrar tanta informação? Como separar o joio do trigo? Como “examinar tudo e reter o que é bom”?

Existem muitos caminhos para isso, mas um óbvio para aqueles que militam na seara do evangelismo virtual é observar o comportamento de certos crentes na blogosfera. Não entro nem no mérito de avaliar o conteúdo das postagens, erros de português, heresias, falta de referência bíblica e outros. Falo do comportamento nas redes sociais, com traquinagens típicas dos blogueiros não evangélicos.

Quer um exemplo simples, mas que diz muito pra mim? Aquele blogueiro que te pede para seguir e diz que também vai seguir, mas não segue ou segue e logo depois deixa de seguir. Espertalhões que querem 700 mil seguidores, mas não querem ser vistos seguindo outros 700 mil blogs. Fenômeno que acontece muito no twitter também ou nas fanpages do Facebook. Irmão te segue no TT ou pede pra curtir a fanpage e não retribui. Acho que isso já fere a ética da blogosfera...imagine na blogosfera cristã?


Fui vítima disso nesta semana. Conquistei doze seguidores no Twitter de determinada denominação religiosa, incluindo o pastor líder nacional da denominação. Fiquei feliz, claro por isso. Meu twitter counter foi lá pra cima (afinal lutei muito para passar de 600 seguidores), mas eis que no dia seguinte todos (disse TODOS) os seguidores dessa denominação foram embora logo após eu tê-los adicionado também. Bando de espertalhões, que fazem todo tipo de golpe para ganhar seguidores...imaginem o que não fazem pelo dízimo? Ainda têm aqueles que ganham não sei quantos seguidores de graça entrando nesse ou naquele site. Seguidores que não irão ler uma postagem tua, mas ficarão contando número para a tua vaidade. Eu hein!

Para mim é claro que se você abre mão de cultivar um caráter íntegro nas pequenas coisas, estará treinando para ser corrupto quando estiver sobre coisas maiores. A fórmula é matemática para mim. Para concluir, mais um alerta para os espertalhões virtuais: ”Disse-lhe o seu Senhor: Muito bem, servo bom e fiel; sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu Senhor” (Mateus 25:23)

{ 2 comentários... read them below or Comment }

  1. Concordo em gênero, número e grau brother! Sua postagem trouxe à tona um sentimento que tenho certeza que permeia o coração dos verdadeiros blogueiros cristãos!

    God bless you!

    Microscopicamente (joão 3.30),
    Walter Filho

    http://blogdowaltim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Valeu Walter! Precisamos atentar para as pequenas coisas para não tornar vã nossa militância nossa evangelismo na blogosfera.

    ResponderExcluir

Não deixe passar em branco

seguir pelo e-mail

críticas

populares

curtidas

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © adora manaus -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...