Posted by : Fred Novaes sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012


“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” (II Coríntios 5 : 17)

O texto do apóstolo Paulo resume bem o conceito de um “verdadeiro” encontro com Cristo. A aspa é minha e aqui tem a função de enfatizar a qualidade desse encontro. Quando se fala em verdadeiro, subentende-se que há um encontro mentiroso. E é isso mesmo. “Porque em Cristo Jesus nem a circuncisão, nem a incircuncisão tem virtude alguma, mas sim o ser uma nova criatura “. Neste outro texto de Gálatas (6:15), numa licença poética, poderíamos substituir a palavra circuncisão por alguma religião (ou denominação religiosa) e a palavra incircucisão por outra religião. Não importa, querido, que caminho te levou a Cristo, mas sim o que esse encontro fez com você.

Porque é muito fácil todo mundo dizer: eu já aceitei Jesus! eu acredito em Deus!, Jesus é o caminho, Jesus é meu guia e meu mestre, etc. Palavras que, quando não acompanhadas por obras, tem apenas aquele odor de letras mortas. O verdadeiro encontro com Jesus implica em mudança, radical, diga-se passagem. “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12 : 2).

Esse outro trecho da primeira epístola de Paulo fala em não conformação, transformação e renovação. O encontro (verdadeiro) com Jesus tem como consequência a inclusão destes três novos elementos na nossa vida. Como o Mestre praticamente desenhou para Nicodemos, que era conhecedor da Lei, mas não percebia o poder de Deus. “Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” (João 3 : 3) Os três conceitos que destaquei acima são os fatores de uma equação que tem como resultado a afirmação de Cristo. Não conformação, transformação e renovação são iguais a nascer de novo.

O que Jesus queria dizer com isso? Mais uma vez reforçou a ideia de que os homens estão vivendo fora da verdade, segundo seus princípios e conceitos ao deixar de lado a Lei de Deus. “Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno.” (I João 5 : 19). Meus amados, os conceitos e princípios deste mundo estão no maligno. Fidelidade, honestidade, retidão, justiça e ética são palavras encaradas hoje quase como uma utopia. Vivemos no conflito entre a carne e o espírito, onde o segundo é relegado ao terceiro plano na vida da maioria. Cada um só pensa em si, em satisfazer as suas necessidades e desejos da carne.


Por isso, faço questão de enfatizar que o encontro com Deus resulta em mudança, deixando a carnalidade rumo à santidade. “Fizeram também, de ouro puro, a lâmina da coroa de santidade, e nela escreveram o escrito como de gravura de selo: SANTIDADE AO SENHOR.” (Êxodo 39 : 30). Meus queridos, não existe encontro com Jesus em que você saia conformado. O brilho e o resplendor de Sua Santidade são transformadores. Na verdade, é tão pura a Sua beleza que nem todos podem entrar no Santo dos Santos para comtemplar, pelos olhos espirituais, a Sua magnífica presença. É preciso estar em santidade, meu querido, pagando o preço em oração e oferecendo sacrifícios de louvor a Ele, abdicando de muitos prazeres deste mundo.

Não estou aqui defendendo a religão A, B ou C. Religião não salva ninguém. O que tem poder para nos salvar é a fé em ação, expressa em obras de obediência, na autoridade plena de Jesus, que é o único caminho. Quando percebemos, na profundidade, os ensinos de Jesus, nós precisamos fazer uma escolha: ou buscamos a santidade, radical, ou ficamos à margem de Sua presença, buscando justificativa racionais para nos conformar com os rumos da humanidade, tranquilos e sorridentes em nossa zona de conforto. Achando que tudo que as pessoas fazem (de errado) é normal. Assim, minimizam a infidelidade conjugal, sexo fora do casamento, a desonestidade e todas as outras obras da carne. “E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.” (Tiago 1 : 22)

Vou encerrar esse post por aqui para não me alongar demais, mas voltarei ao tema porque não me conformo em ver tantas pessoas queridas entregues aos conceitos deste mundo. Quero ser transformado num evangelizador, mesmo que virtual (por enquanto) porque é muito fácil ficarmos ruminando em torno de nossa salvação e não dar os frutos que Jesus preconiza: “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.” (Marcos 16 : 15). Concluo com mais uma reflexão sobre a santidade que Jesus exige de todo aquele que diz lhe conhecer:

“Dai ao SENHOR a glória devida ao seu nome, adorai o SENHOR na beleza da santidade.” (Salmos 29 : 2)

{ 1 comentários... read them below or add one }

  1. Fred, meu amigo. Não conhecia seu blog antes. Tbm tenho a Bíblia como meu livro mais próximo... Desejo sucesso no blog, na vida e gostaria de acrescentar que Deus não desiste daqueles que estão entregues aos conceitos do mundo...
    "ESPEREI com paciência no SENHOR, e Ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor." Salmos 40
    Por e-mail envio-te uma bela reflexão enviada por uma amiga! Feliz de saber que tenho você como amigo!
    Deus o abençoe

    ResponderExcluir

Não deixe passar em branco

seguir pelo e-mail

críticas

populares

curtidas

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © adora manaus -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...