Posted by : Fred Novaes segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

A obra do Senhor não para e nem tira férias. Com esse lema na cabeça, muito desprendimento e um grande amor no coração, grupos de evangélicos por todo o país têm aproveitado o período da festa da carne para impactar vidas com o poder do evangelho expresso na palavra de Deus. Muitos que vêem esse tipo de iniciativa com os olhos naturais acham que é perda de tempo porque as pessoas estariam preocupadas em se "jogar na folia", "pegar geral" e outras coisas do tipo. Alguns pensam até mesmo que é apenas justificativa para os crentes caírem na "farra" aproveitando para ver, com justificativa santa, os corpos seminus que abundam (sem trocadilho) neste período, nos blocos e nos desfiles da escolas de samba.

Essas pessoas que assim julgam certamente nem imaginam que vivemos numa guerra espiritual 24 horas do dias, intercedendo contra principados e forças malignas que tentam a todo momento cooptarem almas para suas veredas. Quem tem olhos espirituais que veja! Essas pessoas também não conhecem o mover do Espírito Santo que já vem trabalhando na vida de algumas pessoas sobre as quais já há um preço pago em oração e jejum para resgatá-las do jugo de satanás e seus príncipes. Ponto. Isso explica o resultado deste tipo de iniciativa. Todo ano, centenas e, algumas vezes, até milhares de pessoas são resgatadas para uma nova vida em meio a essas festas. Mas pode isso Arnaldo? poderia perguntar alguém que conhece as gírias das redes sociais. Nosso Deus é poderoso e milagres dependem exclusivamente da nossa fé. Somente neste ano, o impacto evangelístico da Assembleia de Deus no Amazonas (Ieadam) contabilizou 700 decisões em dois dias de atividades. Decisão é uma iniciativa da pessoa que reconhece estar vivendo fora dos planos de Deus e opta voluntariamente entregar sua vida ao Senhor ou voltar para os caminhos, quando é um crente desviado. No vídeo abaixo, a chamada para o impacto evangelístico da Igreja Batista Missionária da Independência, para o carnaval em Salvador.



Mas por que isso acontece com pessoas que saíram de casa para se esbaldar na festa da carne? “Pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes.” (Efésios 6:12). Pelo menos dois motivos justificam o êxito evangelístico nessas atividades. Em primeiro lugar, o preço pago pelos obreiros que voluntariamente se despuseram à atividade para executar esse trabalho dignamente. Como há não crentes que lêem o blog, explico que o preço é pago com muita oração e jejum colocando o evangelismo como propósito. Reunindo os obreiros neste mesmo alvo, criando uma sinergia divina que tem como resultado crentes cheios do Espírito Santo, ungidos e aptos para combater o bom combate. “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;” Mateus 28.19. Na foto abaixo, a reunião dos irmãos do impacto evangelístico afiando as suas "espadas".


Porque evangelismo não se faz de qualquer jeito, de boca para fora. "A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.
Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra."(Tiago 5:16 e 17). Quem vai para esse tipo de atividade vai preparado e se coloca disponível para isso. Orando e pagando o preço para ser revestido de poder, esperando o derramamento da autoridade santa. "E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai porém, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder". (Lucas 24:49). Os obreiros que se dispõem a evangelizar no carnaval cumprem este mandamento para serem revestidos do poder do Espírito Santo que é o único capaz de convencer os corações dos homens. Não são argumentos humanos que convencem. É a manifestação do Espírito Santo que pode ser percebida de várias formas, como um desconforto inicial das pessoas que estão sendo impactadas pela Sua presença, ou mesmo arrepios, tremores, choro e riso incontroláveis, quando a pessoa já é batizada no Espírito Santo. Na ocasião do evangelismo, além da palavra dos obreiros, também é feita distribuição de folhetos, apresentação musical e até encenações. Em alguns estados também se desce num bloco cantando músicas com mensagens cristãs.

O outro motivo que justifica o êxito desse tipo de evangelismo é o fato de a própria pessoa que será evangelizada já estar sobre a cobertura do Espírito Santo, seja pelas suas próprias orações ou pelo preço pago por alguém, familiares, amigos e outros que já vêem intercedendo por elas em oração, jejum e pregação da palavra. Porque, meus amigos (falo aos não crentes, principalmente), a palavra de Deus impressa na Bíblia não são letras mortas que saíram de uma gráfica, passaram por uma livraria e chegaram na sua mão. Também não é uma compilação de ensinos da sabedoria de um profeta. Nem adianta vir com aquele velho argumento de que os textos foram modificados para atender os interesses humanos num determinado período histórico. Amigos, vamos estudar e deixar a opinião do senso comum fora disso. Muitos já tentaram modificar a palavra de Deus, mas a sua verdade não mudou, não muda e não vai mudar. Ela é uma palavra viva. "A palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão da alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração". (Hebreus 4:12). Eu falo de uma palavra poderosa capaz de fazer milagres, de fazer um pecador se render aos pés de Jesus clamando "Aba Pai". Foi assim comigo. É assim com todo mundo, mas alguém precisa levá-la a todas as nações, até mesmo no carnaval. E desculpa se estrago a festa de alguém com mais essa mensagem. Mas tenho certeza que festa maior acontece quando um pecador reconhece os seus pecados e se rende à única verdade capaz de nos salvar. Tenho dito!

Para encerrar, mais uma palavra viva que desce do trono do Senhor para nós, pecadores:
Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus." (Tiago 4:4)

Leave a Reply

Não deixe passar em branco

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

seguir pelo e-mail

críticas

populares

curtidas

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © adora manaus -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...